Polissonografia Basal
Exame de Polissonografia Basal em um espaço totalmente acolhedor, para afastar o indivíduo do ônus de um ambiente hospitalar.
AGENDE AGORA

Polissonografia Basal em Brasília

Este exame fornece o tipo ou índice, duração e quantidade das apneias, além da saturação de oxigênio e da qualidade geral do estado de dormência.
Especialistas em Medicina do Sono Médicos reconhecidos pelo Conselho Federal de Medicina. AGENDE AGORA

Antes do advento da medicina do sono na década de 60, acreditava-se que o sono era um estado inoperante das funções fisiológicas do corpo humano. Apenas a partir do surgimento desta especialidade médica, com a polissonografia, foi que a ciência passou a tentar entender o que acontecia no corpo durante o sono e descobriu que uma gama de fatores relacionados ao estado de dormência influencia diretamente a nossa rotina diurna.

Atualmente, a polissonografia é o exame mais comumente utilizado no diagnóstico de distúrbios do sono. Sem agulhas, sem incisões ou outros métodos invasivos, o exame consiste no registro e estudo dos fenômenos e funções fisiológicas que ocorrem no organismo humano durante o sono, por meio de sensores conectados ao corpo do paciente.

Tais sensores possibilitam a realização de exames como o eletroencefalograma (registra graficamente as correntes elétricas desenvolvidas no encéfalo), eletrooculograma (analisa e registra os padrões elétricos da retina), eletromiograma (monitora a atividade elétrica das membranas celulares de um músculo esquelético em fase de repouso) e mostra a arquitetura e eficiência do primeiro período REM do sono.

A polissonografia basal é realizada com o intuito de diagnosticar distúrbios tais como ronco> e apneia do sono. Ela poderá fornecer tipo ou índice, duração e quantidade das apneias, além da saturação de oxigênio e da qualidade geral do estado de dormência, incluindo as passagens do sono de ondas lentas para os períodos de sono REM.

No Instituto do Sono em Brasília, os pacientes poderão contar com um espaço totalmente acolhedor, semelhante a um quarto de hotel para afastar o indivíduo do ônus de um ambiente hospitalar. Em algumas situações, ainda há a possibilidade da polissonografia ser realizada em domicílio, trazendo mais conforto, já que o paciente dormirá naturalmente em seu quarto, como costuma fazer rotineiramente. Quando o indivíduo trabalha durante a noite e dorme durante o dia, realizar o exame no período diurno garantirá um diagnóstico mais preciso e consequentemente a indicação de tratamentos realmente eficazes.

No dia do exame da

polissonografia basal DF

, é importante não ingerir alimentos que possam influenciar na qualidade do seu sono. Produtos que contenham cafeína devem ser evitados, bem como o uso de bebidas alcoólicas. Em casos em que o paciente faz uso de medicamentos contínuos, a medicação não precisa ser interrompida, mesmo quando o fármaco tiver a finalidade de induzir o sono. Há apenas a obrigação de que o médico seja informado, para que a medicação seja levada em consideração na análise dos resultados do exame.

Se você sofre com péssimas noites de sono e não consegue se sentir descansado durante o dia, não deixe de agendar uma consulta ao Instituto do Sono Otoface, em Brasília. Nossos especialistas realizarão os devidos exames para indicar o melhor tratamento e ajudá-lo a ter novamente o sono que você merece.

Veja também:   Polissonografia   Polissonografia Domiciliar   CPAP
Voltar ao topo